mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love
A minha casa Antes e Depois Projectos cá de casa

Projectos cá de casa* – Mesa de cabeceira antiga recuperada

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

De todos os projectos de decoração cá de casa, estes são, sem dúvida, os meus preferidos. Poder recuperar algo é sempre uma óptima forma de ajudarmos o ambiente. E se nem sequer precisarmos de comprar material para fazer essa reciclagem, então ainda melhor. Foi o que aconteceu com este projecto.

Há uns anos atrás seria impensável para mim usar este tipo de mobília clássica cá em casa. Tinha tendência para comprar tudo com linhas direitas e com muito pouco detalhe. O resultado disto foi ter uma casa com móveis iguais em quase todas as divisões e uma decoração absolutamente aborrecida.

Com o tempo, fui percebendo que se queria que a minha casa tivesse alguma personalidade, tinha de a decorar com peças especiais, com história e que não podia seguir nenhum estilo específico.

Assim, em vez de procurar mobiliário e peças decorativas em lojas, passei a fazê-lo no sotão dos pais e dos sogros. Percebi que tinha de ir com uma mente aberta para descobrir pequenos tesouros que, com uma simples mudança de cor, podiam ser incorporados cá em casa.  E isto fez-me aperceber rapidamente de algo muito importante.

O melhor estilo decorativo é aquele que nos deixa feliz.

Não são os objectos que são importantes mas sim a história que eles contam, seja porque foram de alguém especial ou porque são o resultado do nosso esforço de os recuperar.

E este foi um daqueles projectos em se passou isso mesmo. A minha sogra lembrou-se que tinha uma mesa de cabeceira antiga e ligou-me a perguntar se a queria. Fiquei super contente porque pensava que teria de andar imenso tempo à procura de algo especial. Não foi preciso (obrigada sogrinha!).

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

Fiquei então com o trabalho de a recuperar. O mesa tinha uma parte do tampo descolada e partida, por isso o maridão tratou desse assunto. Colocou uma tábua por baixo e segurou-a com parafusos (não tirei fotos, lamentavelmente).

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

Depois disso chegou a fase que detesto em todos os projectos, lixar, lixar, lixar… Aquilo tinha uma camada de verniz enorme e se não fosse a maravilha da lixa elétrica, acho que ainda hoje não tinha acabado. Mas é uma parte que não se pode saltar, caso contrário, nem o primário agarra.

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

Madeira pronta a pintar, foi preciso tapar uma pequena fenda no tampo, resultado da parte que estava partida.

A melhor forma de tapar fendas na madeira é misturar um pouco de serradura com cola de madeira.

Deixei secar bem e lixei para não se notar nada. Ficou muito aceitável. Gostei e já usei noutras coisas cá em casa.

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

Por fim, veio a parte da pintura. Optei por usar tintas naturais da Biofa, já que a mesa ia ficar bem perto da minha cara todas as noites. Primário em primeiro lugar, seguido de uma passagem com lixa fina antes de passar duas camadas de tinta. Também dei uma passagem com a lixa entre as duas camadas.

Percebi com o tempo que esta parte é muito importante para que a tinta agarre bem e a pintura permaneça intacta durante mais tempo. Neste projecto, passei os pés com pincel mas no tampo optei por usar rolo, para dar um melhor acabamento. Deixo-vos com o resultado final e, como de costume, se tiverem dúvidas, é usar a caixa de comentários.

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

projectos_mesa_de_cabeceira_recuperada_antes_e_depois_blog_white_home_love

2 Comment

  1. Parabens, o trabalho ficou exelente. Que tipo de rolo usou para o tampo….eu pinto sempre com pincel porque nao sei que rolo comprar e agora vou pintar uma comoda que era da minha madrinha e gostaria de experimentar com rolo.

    1. Olá Goreti.

      Eu usei um rolo pequeno, daqueles de espuma, usado para lacar. Usei pincel quando pintei a mesa da cozinha e agora vou lixar o tampo novamente porque não gosto de ver os riscos que deixa.

      Bjs e boas pinturas 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *